Pentagrama Wiccano

Neopagãos, especialmente os Wiccanos, usam o Pentagrama como um símbolo de fé, semelhante à cruz cristã ou a estrela judaica de David. Não é, porém, um símbolo universal de neopaganismo, e raramente era usado pelos eslavos. Seu simbolismo religioso tem ligações com o modelo neo-pitagórico, no qual os cinco vértices do Pentagrama representam os quatro elementos, com a adição do Espírito (Akasha) no vértice mais alto. Como uma expressão dos elementos, o Pentagrama está envolvido na prática wiccana de invocar os espíritos elementais das quatro direções, no início de um ritual.

O círculo exterior do Pentagrama às vezes é interpretado como contenedor dos elementos e serve para colocá-los em harmonia uns com os outros. O Pentagrama neopagão geralmente é exibido com um ângulo para cima, em parte por conta da associação do pentagrama invertido com o usado pelo satanismo, porém, dentro dos círculos tradicionais de Wicca, um pentagrama com dois ângulos acima está associado com o Segundo Grau de Iniciação e, neste contexto, não tem qualquer relação com satanismo.

Em razão de uma associação equivocada com satanismo e também por causa de atitudes sociais negativas, em relação às religiões neopagãs e ao ocultismo, muitas escolas dos Estados Unidos têm tentado impedir os estudantes de exibir o Pentagrama em roupas ou jóias. Nas escolas públicas, tais ações foram proibidas, por violarem o direito dos alunos de livre exercício da religião, assegurado na Primeira Emenda.