Ufognosis

Sirianos de Sírius A

São extraterestres provenientes de Sirius A que é uma estrela azul e branca, distando aproximadamente 8,6 anos-luz da Terra, vinte vezes mais brilhante que o sol, e é a estrela mais brilhante no céu noturno. Sua estrela mais próxima é Sirius B, uma anã branca, que dista de 8 a 32 unidades astronômicas de Sirius A, e possuiu uma órbita altamente elíptica. Espantosamente, uma tribo africana chamada Dogon, tem uma inusitada compreensão da órbita elíptica de Sirius B em torno de Sírius A. Este conhecimento aparentemente foi dado aos seus antepassados, por extraterrestres do sistema estelar de Sirius. Os Dogons descrevem os Sirianos como anfíbios, provenientes de um planeta em torno de Sirius B, o que é consistente com a afirmação de Collier de que um dos planetas em torno de Sirius B é 'ocupado por seres reptilianos aquáticos'. Collier, no entanto, descreve os extraterrestres de Sirius A, como humanos:

"Existe uma raça humana de seres benevolentes habitando Sirius A, chamada Katayy. A maioria deles tem a pele vermelha e são migrantes de Lyra, que fugiram durante a grande guerra. Seus oceanos têm baleias, polvos e tubarões. São uma raça basicamente artística e espiritual, que utilizam muito a música e a cor como forma de expressão."

Conscendo Sodalitas


Súplica por Gaia

Nós, fráteres da Conscendo, sentímo-nos compelidos a expressar nossos desejos com o mental concreto e detalhar o que o causal suplica em sua pureza abstrata(continua)

Conscendendum

Há milênios, verdades importantíssimas e essenciais vem sendo ocultadas da humanidade. Uma humanidade sofrida, condicionada e hipnotizada pelos falsos valores (continua)

Planeta Conscendo

Existe, nesse mesmo instante, um planeta nos aguardando, um mundo do futuro já moldado pelo poder mental criador do Logos e de todos, que só não nos é acessível, pois ainda (continua)