Ufognosis

Arcturianos

Os Arcturianos são outra raça importante de extraterrestres que já colonizaram a Terra, em outras épocas, e coexistiram pacificamente com outras espécies. Segundo Andrews: "Na antiguidade o planeta foi dividido em setores, ocupados por quatro grupos diferentes: Humanos, Grays, Reptilianos, grandes como os seres do sistema Capella, e os seres do sistema de Arcturus." Andrews ainda nos diz que os Arcturianos, atualmente, desempenham um papel de observadores, na atual batalha entre os grupos extraterrestres, sobre o domínio da Terra e de sua população. Collier descreve os Arcturianos como sendo uma das raças que interagem com os terrenos e que "estão tentando ajudar." A maioria das informações sobre os Arcturianos vem daqueles que afirmam ter-se comunicado telepaticamente com eles. Por exemplo, a Dra. Norma Milanovich em seu livro, 'Nós, os Arcturianos', descreve a sua comunicação com os Arcturianos através de um formulário de escrita automática computadorizada. Ela disse que o Arcturianos estão aqui para "ajudar a Terra, uma vez que ela está entrando em uma nova era de espiritualidade. Eles não podem interferir no livre-arbítrio ou processo decisório de qualquer terráqueo, mas estão aqui para educar e ajudar a elevar as vibrações de todos os que escolherem a viagem para a nova dimensão, na qual a Terra está entrando ". Os Arcturianos são descritos como tendo uma cultura espiritual altamente desenvolvida e sofisticação tecnológica que lhes dá uma grande influência na galáxia.

Conscendo Sodalitas


Súplica por Gaia

Nós, fráteres da Conscendo, sentímo-nos compelidos a expressar nossos desejos com o mental concreto e detalhar o que o causal suplica em sua pureza abstrata(continua)

Conscendendum

Há milênios, verdades importantíssimas e essenciais vem sendo ocultadas da humanidade. Uma humanidade sofrida, condicionada e hipnotizada pelos falsos valores (continua)

Planeta Conscendo

Existe, nesse mesmo instante, um planeta nos aguardando, um mundo do futuro já moldado pelo poder mental criador do Logos e de todos, que só não nos é acessível, pois ainda (continua)