Realidade Atual

Os moldes que dão forma aos dirigentes governamentais e religiosos atuais

“Nenhuma sociedade quer que sejas sábio
Isso vai contra os fundamentos de todas as sociedades
Se as pessoas são sábias, não podem ser exploradas
Se são inteligentes, não podem ser manipuladas
Não podem ser forçadas a viver mecanicamente,
a viver como robôs
Os sábios buscam sua individualidade
Eles aspergem, ao seu redor, a fragrância da rebelião
Eles amam viver em liberdade
E a liberdade vem com a sabedoria
E nenhuma sociedade quer que sejas livre
A sociedade comunista, a facista, a capitalista, a hindu, a muçulmana, a cristã...
Nenhuma sociedade
Porque, no momento em que começam a usar a própria inteligência, se tornam perigosos
Perigosos para o sistema
Perigosos para as pessoas que estão no poder
Perigosos para os eruditos instalados
Perigosos para todo tipo de opressão, exploração e supressão
Perigosos para as igrejas
Perigosos para os estados
Perigosos para as nações
Na verdade, um homem e uma mulher sábios, são como fogo vivente
Como Avatares
Que não podem vender sua vida
Que não podem ser subservientes
Que preferem morrer a converter-se em um escravo”

Osho

Ascensão, livre do claustro religioso

Por que procurar em templos, igrejas, sinagogas, mesquitas ou qualquer sítio religioso, o conhecimento espiritual que todo indivíduo já possui?

Por que receber distorcido, mesmo pelo mais alto dignatário religioso, o que encontra-se imaculado, na mais límpida pureza, em si mesmo?

O frater da Conscendo deve se situar num patamar mais alto, onde há a necessidade de se livrar de todas as doutrinas religiosas, pois todas elas, sem exceção, se baseiam no controle pelo medo, no agrilhoamento do Ser Ilimitado a algo externo limitado, no desempoderamento pessoal, em favor do empoderamento de terceiros.

Quando falamos de se livrar de todas as religiões, falamos no sentido estrito das palavras, tanto das ocidentais, quanto das orientais, pois enquanto as doutrinas do poente são primitivas e prometem um céu após uma vida repleta de imperfeições, as doutrinas do nascente apregoam um descanso eterno no mesmo céu, sob o nome de nirvana, após a libertação do samsara, ou ciclos reencarnatórios, sendo ambas as proposições, completamente errôneas.

O frater da Conscendo tem de estar ciente que TODO o conhecimento encontra-se latente em si próprio, adormecido pelos véus criados nos mergulhos matriciais, nas densidades cada vez mais restritivas, e é seu dever remover todos eles, por meio da vontade, da intuição, que é a nossa ligação com a Fonte Original, e do conhecimento.

A compreensão da fisiologia universal é ao mesmo tempo singela, porquanto se baseia em diretrizes simples, na compreensão do antagonismo necessário e do desenvolvimento da união, do amor e altruísmo desinteressados, e complexa, uma vez que não se resume às regras triviais de um céu e um inferno inexoráveis e nem mesmo à lei do karma e ao reencarnacionismo simplórios que certas doutrinas apregoam.

Qualquer ser espiritual possui, desde sempre, um vínculo inquebratável com o Criador, com a Fonte, onde reside toda a sabedoria cósmica. Esse vínculo se chama intuição; devemos, por meio da vontade absoluta desenvolvê-la. Ela levantará todos os véus de Ísis e tratará de separar informação de desinformação, nos tornando sábios e conhecedores dos mistérios universais.

Posteriormente, o frater da Conscendo perceberá que até mesmo a intuição, ou o laço que nos une à Fonte, inexiste, porquanto somos a PRÓPRIA FONTE, sendo tudo o que percebemos externamente, outros aspectos de nós mesmos.

Conscendo pretende apenas dar o primeiro empurrão no sentido da libertação, da sabedoria e da verdade. Os fratres que desenvolverem essa ligação com a Fonte, certamente não necessitarão de ajuda externa alguma, nem mesmo da Conscendo (e isso é o que pretendemos), para galgar degraus da escada de Jacó tão elevados, que atribuirão aos nossos dizeres uma lógica e intelectualidade pueris.

Sinceros desejos de Ascensão
Conscendo Sodalitas